sábado, 17 de janeiro de 2009

COMUNICADO

O assunto levado por mim à reunião de CMLeiria no dia 03.01.09, foi sobre a situação dos vendedores fantasmas existentes na cidade de leiria e em particular na Feira Fazeres, tendo lido um documento na referida reunião, para assim solicitar explicaçoes ao executivo da Câmara sobre a legalidade da mesma e das consequencias para os comerciantes do CHLeiria. Todas os comentarios ou noticias apartir daqui mais não são QUE um suspiro de desespero.

Para conhecimento de todos os Leirienses, anexo o texto na integra lido na mencionada reunião.
Cada um que retire a sua conclusão.

"Boa tarde .

Exma. Sr.ª Presidente
Sras. e Srs. Vereadores
E todos os presentes.

As questões que me levam a intervir nesta reunião são claras e objectivas:

1ª Questão:

- Como pode a câmara municipal ceder um espaço público, para um particular rentabilizar esse espaço em seu proveito, retirando dessa cedência gratuita um lucro de 15,00€ ou 10,00 € por lugar, consoante, o tema da feira e a época.
fazendo destas feiras um negocio muito lucrativo.

- Como pode a câmara municipal tendo conhecimento desta situação, ceder o espaço publico e colocar à sua disposição um nº de trabalhadores para a realização da mesma, tendo a câmara suportado até hoje esses custos?

- Como é possível que a mesma câmara coloque os seus funcionários ao serviço desse particular, retirando esses funcionários dos locais para que foram contratados e passando os mesmos a trabalhar para um particular.

- Como é possível a câmara permitir que um particular organize uma feira sem que, para tal esteja colectado ou exerça uma actividade devidamente autorizada para esses fins?

- Em que reunião a câmara comunicou essa cedência de espaço publico e a cedência de material de apoio para a realização de evento aos Sr. Vereadores, e em que acta está transcrita essa aprovação?

- Como justifica a câmara que populares exerçam uma actividade comercial num espaço por si cedido e para o qual não estão habilitados para exercer uma actividade comercial?

- Esta feira sendo realizada 5 vezes por ano com a devida autorização camarária, está a fazer concorrência desleal com o comércio tradicional existente no CHLeiria, como pode um executivo serio permitir esta ilegalidade e dar-lhe a cobertura que permite à opinião pública pensar que a mesma se encontra legalizada e legal e fazer empobrecer comerciantes que pagam os seus impostos, fazendo com que outros enriqueçam ilegalmente?

- È grave um particular retirar proveito financeiro de um bem cedido gratuitamente pela câmara e vende-lo a outros, com a conivência da câmara. Que legitimidades têm V. Exas. para não fazerem cumprir as leis.

2ª. Questão:

- Tendo a câmara municipal um regulamento de feiras e mercados aprovado por um executivo nesta casa, como pode permitir que as feiras por si organizadas não cumpram os regulamentos aprovados e em vigor?

- A feira de artesanato e velharias encontra-se regulamenta por esse regulamento ou tem um regulamento próprio? Ou está também à margem do mesmo?

- Se não está regulamentada é uma ilegalidade gravíssima, se sim está, como pode a câmara permitir que venham particulares exercer actividades comerciais sem pagar as devidas taxas municipais e não sejam os lugares objecto de fiscalização e punição conforme o regulamento em vigor na câmara municipal de Leiria?

- Quem fiscaliza estas feiras ilegais?

- Quanto perde financeiramente a câmara municipal por cada feira realizada nos moldes actuais?

- Nesta feira participa qualquer pessoa – o comerciante legal e o popular ilegal, logo a mesma não respeita o conceito de um comércio justo.


Aproveito para entregar um documento que desmente a resposta dada ao Sr. Vereador Dr. Raul Castro, pela Dr.ª Neusa Magalhães, quando interpelada pelo Sr. Vereador sobre a falta de apoio dada aos comerciantes aquando a realização do mercado Medieval no CHleiria no dia 27.09.08, quando a mesma afirma e passo a citar “ até ao momento, ainda não tinham recebido qualquer pedido de apoio.“ Fim citação.
Ao Sr. Dr. Vítor Lourenço não foi feito qualquer tipo de pedido para esse ou outro evento que tenha sido levado a cabo pelos comerciantes do CHLeiria, pelo que a sua resposta é verdadeira.
Este assunto foi na reunião do dia 30.09.08 e consta da acta nº. 20 Da CMLeiria, à qual tenho acesso através da pagina on-line da CMLeiria.


Pergunto ao executivo para terminar, o que pretendem do CHLeiria, a sua morte já programada ou a capacidade de luta e resistência que os comerciantes já deram provas no ultimo semestre com a enorme ajuda dos moradores, fortes aliados desta nossa luta, e sem o qual nada será possível, porque o CHLeiria precisa de todas as forças vivas que o pretendam revitalizar e dinamizar, porque sem a câmara ou com a câmara não iremos morrer, esta é uma certeza que vós deixo.

Mais informo que nada me move contra qualquer representante desta câmara Municipal, mas como diz o nosso Exmo. Sr. Presidente da Republica á hora de falarmos a verdade. E defender o que é nosso.

Obrigado a todos pelo tempo dispensado e faço votos que este assunto não morra aqui hoje e agora.

Desejo de um 2009 com votos de sucesso e saúde para todos os presentes e familiares e um bem-haja ao CHLeiria e a Leiria."

CENTRO HISTORICO LEIRIA

domingo, 11 de janeiro de 2009

FEIRA DAS VELHARIAS









Feira da Velharias




Realiza-se sempre no 2º sábado de cada mês no Centro Histórico de Leiria, organizada pela câmara Municipal de Leiria, tendo como vertente a exposição de artigos de outros tempos e outros modos de vida e vivência. Podemos encontrar moedas, artigos que marcaram a nossa agricultura e de assinalar uns artigos que sistematicamente são procurados pelos visitante : a louça e o vidro da nossa região.
Feira que tem vindo a captar um maior numero de expositores e que já é uma feira de referencia no mercado das velharias, a nivel nacional.
Aqui fica um convite aos expositores que queiram marcar presença neste evento mensal, Leiria e o Centro Historico espera pela v/ presença e pretendemos ajudar a fazer da Feira das Velharias uma das maiores do pais.
Contacto para marcar presença: Câmara Municipal Leiria - contacto -244.839 500 - Sr. Quinze .
Contamos com a v/ presença.
CENTRO HISTÓRICO LEIRIA