sábado, 29 de agosto de 2009

LEIRIA - APPLE CITY

Sou deliciosa em cada rua

irreverente
cada esquina conta uma história


liga-me, não me abandones!


juntos conseguimos, percebes ?


sou uma cidade com futuro.
jovem e bem dispostas
criativa e cheia de cor.

Tenho poucos espaços verdes ??
quero ter mais visibilidade
já me comeram o centro todo!

espero ter este jardim!
não tenho lixo, sou é muito virada para a reciclagem

poucas arvores ?, não são é diferentes, não consegues ver?
Amor por Leiria
Beija-me.

Sou louca por Leiria


CENTRO HISTÓRICO LEIRIA

MUNDO DAS MAÇÂS - CENTRO HISTÓRICO LEIRIA

Evento que promove a fruta decorre entre 4 e 6 de Setembro, com actividades que vão desde a gastronomia às artes plásticas.
No início de Setembro a maçã vai ser a rainha em Leiria. O “Mundo da Maçã”, evento realizado pela Associação de Produtores de Maçã de Alcobaça (APMA), em conjunto com a Câmara Municipal de Leiria (CML) e o turismo Leiria-Fátima, vai decorrer entre 4 e 6 de Setembro.
O objectivo do evento é o de informar e incentivar o consumo deste fruto e promover a adopção de um estilo de vida saudável. “O objectivo da APMA é, além da promoção de um fruto acessível e tipicamente português, informar e alertar sobre os benefícios do consumo da Maçã Qualificada para a saúde” explica o presidente da direcção da APMA, Jorge Soares, acrescentando que “é importante passar esta informação de forma lúdica e descontraída, pois assim consegue-se chegar a mais público, com maior eficácia.
Localizado na Praça Paulo VI o “Mundo da Maçã” vai ter um espaço de exposição e divulgação, onde os visitantes vão poder ter acesso aos mais recentes estudos científicos sobre a Maçã de Alcobaça e ver um vídeo sobre os modos de produção de Maçã Qualificada. Adicionalmente, e em colaboração com o Centro de Saúde, serão realizados rastreios e acções de sensibilização sobre os benefícios do consumo de maçãs qualificadas.
Os mais pequenos poder-se-ão distrair com actividades lúdicas, que vão desde as pinturas faciais a um insuflável. Haverá também a “Apple Parade”, uma exposição de 40 de maçãs gigantes, pintadas e retratadas por alunos das Escolas do distrito de Leiria e vários artistas plásticos da região, que estará exposta em vários ponto da baixa de Leiria.
Este ano o “Mundo da Maçã” encontra-se inserido no XVII Festival de Gastronomia de Leiria, pelo que a APMA ofereceu maças aos estabelecimentos que aderiram à confecção de algumas receitas.
As actividades do “Mundo da Maçã” são gratuitas.

CENTRO HISTÓRICO LEIRIA

sexta-feira, 28 de agosto de 2009

PROGRAMA DOS ADERENTES - MORCELA DE ARROZ




O programa dos aderentes ao evento é o seguinte:

- 29 Agosto - Nova Funcar, Lda.
- 30 Agosto - Talho José Grosso da silva.
- 31 Agosto - Talho Arlindo.
- 01 Setembro - Carnes Avenida.
- 02 Setembro - Talho Lena, Lda.
- 03 Setembro - Talhos FerCarlos, Lda.
- 04 Setembro - Funcar, Lda
- 05 Setembro - Industria de Carnes jauino & Filha, Lda.
- 06 Setembro - Talho José Grosso da Silva.



Bom apetite.


CENTRO HISTÓRICO LEIRIA

MORCELA DE ARROZ DE LEIRIA - A MINHA EXPERIÊNCIA


Fabrico caseiro dos meus avôs.

" Quando de manha bem cedo se matava o porco, entre o natal e o carnaval, aproveitava-se o sangue da matança do porco, proveniente do coração, recolhia-se o sangue num alguidar contendo sal, mexendo sempre, com uma colher de pau, para não " coalhar ", isto é coagular.
Na altura de se retirarem as "tripas" ( intestinos ), e ás vezes o bucho, para um alguidar, retirava-se tambem o véu que envolve e une as tripas, e o rissol, e cortavam-se estas gorduras muito miudinhas. As tripas eram lavadas de preferencia em agua corrente e esfregadas com sal grosso, limão e laranja com casca, que nessa altura eram bastante azedas.
Nessa mesmo dia, ao final da tarde, faziam-se as morcelas de arroz que se confessionavam da seguinte maneira; num alguidar, colocavam-se então a gordura, muita cebola e a salsa picada, mexia-se e temperava-se com cravinho, cominhos moidos e sal.
Deitava-se, de seguida o sangue sobre o preparado anterior e dava-se mais uma mexidela.
Nesta altura já fervia, numa panela de ferro grande ou de cobre parte das "arreigadas" ou " bofes" ( pulmões, traqueia, e outras viceras), cebola e sal, que temperavam a agua que escaldava o arroz e onde se iam cozer as morcelas.
Adicionava-se por ultimo o arroz carolino, semi-cozido ( escaldado), pouco a pouco , mexendo sempre.
Na altura as mulheres presentes e com experiencia, com a ajuda de um funil, ou somente com a mão em concha, enchiam as tripas. O meu cargo era quase sempre cortar a guita, o " Fio de Norte", e ajudar a atar as tripas. As tripas não podiam ficar muito cheias para não rebetarem ao cozer, dado que o arroz com a cozedura aumenta de volume.
Por ultimo, coziam-se então em lume brando, iam-se mexendo e picando com um alfinete de dama, com muito cuidado. As morcelas estavam cozidas, se ao serem picadas, a agua da cozedura ficasse clara e não ensanguentadas.
Comiam-se quentes, depois de sairem da panela, ou frias, conforme o gosto.
O caldo da morcela tambem se como, como sopa, onde depois de se retirarem todas as morcelas, se coziam os nabos (cabeças) cortados aos bocadinhos e às vezes couve branca, onde se colocavam tambem umas rodelas grossas de morcelas ou apareciam alguns bocados de laguma morcela que se tivesse rebentado, os bocadinhos de "bofes" e um pouco de pãp e umas folhinhas de hortelã. "

By Laura Esperança.

CENTRO HISTÓRICO LEIRIA

MOSTRA GASTRONOMICA DE LEIRIA - MORCELA DE ARROZ




Integrado no XVII Festival de Gastronomia de Leiria, a junta de Freguesia de Leiria vai pela 1ª. vez ocupar um stand dedicado em exclusivo à Morcela de Arroz, que se destina a divulgar este produto regional.

Vão estar expostas diversas qualidades de Morcela de arroz, pelos produtores que aderiram a esta iniciativa da Junta Freguesia de Leiria. A acompanhar teremos um vinho da Adega Cooperativa da Batalha, que gentilmente acedeu ao pedido da Junta freguesia.

A iniciativa levada a cabo pela junta Freguesia tem como objectivo reunir informação que no futuro será usada no processo de certificação da Morcela de Arroz, como uma mais valia para a região e para Leiria como um produto regional de qualidade do concelho de Leiria.

Para o sucesso desta iniciativa é necessário darmos a nossa cooperação e apelamos a todos os Leirienses e turistas que degustem, provem e comprem a Morcela de Arroz e preencha um pequeno inquérito, que servirá de guia para a certificação e ao mesmo tempo o HABILITA a um sorteio.

Leiria, quer e irá ajudar, para que o sucesso desta certificação seja uma realidade e irá dar todo o carinho a esta iniciativa da Junta de Freguesia de Leiria.

A sua participação é fundamental, não falte.

CENTRO HISTÓRICO LEIRIA

sexta-feira, 21 de agosto de 2009

PORQUÊ.... LEIRIA ?


hoje, no meu escritório estava a ver um programa conduzido pelo Manuel Luís Goucha, " Você na TV! ", o nosso conhecido Luís Goucha falou de Leiria e como a cidade estava irreconhecida, onde contou que a 2ª. mulher do seu avo era dona de uma pensão na zona histórica e que tinha da nossa cidade fantástica na época , uma recordação de beleza e encanto que hoje se encontra perdida e questionou o motivo de tanta maldade... feito à beleza desta cidade, o mesmo ficou a questionar os motivos para a plateia, sem obter resposta.

Mesmo longe existe pessoas que dão valor à cidade antiga e à beleza que a mesma tinha e interrogam-se porque ficou como hoje a conhecemos


Nós sabemos o porquê dessa falta de brilho e encanto, e é por essa falta de encanto que queremos mudar e lutar.


CENTRO HISTÓRICO DE LEIRIA

quarta-feira, 19 de agosto de 2009

DIA MUNDIAL DA FOTOGRAFIA - LEIRIA 2009


Num lugar escuro e perdido, onde a beleza está ofuscada pela vergonha dos que a governam, existe uma beleza que somente aqueles que a sentem e vivem apaixonadamente vislumbram.

Esses encontram-se pela madrugada e retiram um olhar digital, para que a memoria não permita o esquecimento. Entre um sorriso e um flash, fica a recordação deste dia, porque nesta atmosfera de verão nada melhor que o convivio entre amigos e não esquecer a nossa tradição - Viver este lugar de historias.
Dia mundial da Fotografia - encontro de velhos amigos numa noite de verão no CHLeiria, pela madrugada.


CENTRO HISTÓRICO DE LEIRIA.

sábado, 15 de agosto de 2009

CENTRO HISTÓRICO LEIRIA - NO CENTRO DA CRIATIVIDADE






A nossa Marca.

Um centro com história que apaixonadamente leva a percorrer ruas, onde cada canto nos conta uma historia, um segredo, no ar se sente a paixão de jovens sedentos de viver, onde o sangue percorre as veias de artistas anónimos, este é o Centro Histórico que assenta nos pilares a criatividade anónima. A chama dos aventureiros caminha e inspira os audazes. E fortalece os aventureiros que nos deixam a sua história e persistem na criatividade. È este centro que alimenta... Leiria.
CENTRO HISTÓRICO LEIRIA

quinta-feira, 13 de agosto de 2009

O FUTURO É HOJE


Hoje ao ler o Jornal de Leiria, onde o tema do Fórum era " o que deve fazer o próximo executivo em relação ao mega centro comercial ? ", o tao falado centro comercial junto ao estádio e que ninguém quis, ninguém desculpe a CMLeiria queria, pois só assim conseguia diminuír a sua falida conta bancaria e faria um encaixe financeiro considerável para equilibrar a câmara à muito falida e acabava com o topo norte, uma nódoa, que nem com benzina sairá, como diria Eça Queiroz, porque esta ( nodoa ) chegou para ficar.
Primeiro estavam a falar de um projecto que ninguém ainda conhece, mas mais importante do que discutir um " provável ", o importante para Leiria e para os Leirienses é discutir o futuro, ou seja o que já está a ser construído, esse sim é um MEGA CENTRO COMERCIAL, e estão os Leirienses a debater um mega projecto imaginário quando o futuro já está a ser construído ás portas da cidade.!!! O projecto do LeiriaShopping é de facto um projecto ao nível dos melhores e maiores do País, um projecto que só por si vai arrasar com o comercio tradicional e votar ao abandono o centro da cidade de Leiria, porque o projecto que se está a construir irá levar à falência a cidade comercial que conhecemos hoje. A Leiria de hoje tem os dias contados.
O projecto que se está a construir não é um centro comercial Continente - hiper- super-mercado -mini-mercado, mas sim e somente este projecto desconhecido de todos nós...
LeiriaShopping - Investimento de € 75 milhões
- 108 lojas incluindo um hipermercado Continente e 7 salas de cinema
- Previsão de 8 milhões de visitas por ano
- LeiriaShopping, um novo centro comercial e de lazer, que resulta da expansão do actual CC Continente de Leiria e cuja abertura está prevista para a primavera de 2010. Com uma Área Bruta Locável (ABL) de 43.200 m2, o novo Centro Comercial e de lazer representa um investimento de €75 milhões. O LeiriaShopping vai disponibilizar a melhor oferta comercial e de lazer da Região num total de 108 lojas. As lojas de grande dimensão serão 8, destacando-se para além do Hipermercado Continente, Sportzone e Worten que se encontram já em funcionamento, 7 salas de cinema Castello Lopes e a loja de moda C&A. Completam a oferta 16 restaurantes, e 84 lojas que acolherão um vasto lote de prestigiadas insígnias. Localizado numa zona com excelentes acessos (A8, IC2-N1, N113, N242), o novo centro comercial irá servir uma população de 529.000 habitantes numa área de influência a 30 minutos de distância, dos quais mais de 80% são já utilizadores do actual Centro Comercial Continente. Com a abertura do novo centro prevê-se que o número de visitas anuais cresça dos actuais 5 milhões para 8 milhões de visitas anuais. O estacionamento será gratuito e terá capacidade para cerca de 2000 viaturas. Tendo como fonte de inspiração o Pinhal de Leiria e o Oceano, o LeiriaShopping irá através da sua arquitectura e decoração recriar esta zona verde costeira, utilizando os diferentes elementos que a caracterizam: o aroma do Atlântico, os pinhais de onde saiu a madeira que produziu os navios da época dos Descobrimentos, as falésias e os seus marinheiros, a areia dourada das suas praias. A cidade de Leiria, é um dos 25 centros urbanos de maior dimensão do país com uma população jovem, 31% dos habitantes abaixo dos 25 anos de idade, e com elevado poder de compra, 41% pertencem às classes A/B/C1.
Segurança e qualidade ambiental

À semelhança daquilo que acontece em todos os centros comerciais e de lazer promovidos pela Sonae Sierra, também o LeiriaShopping foi concebido e irá ser construído de acordo com o Sistema de Gestão Ambiental da Sonae Sierra de modo a cumprir as mais rigorosas e exigentes normas de qualidade que a Empresa impõe em todos seus empreendimentos, nomeadamente em termos de conforto, segurança e protecção ambiental. Este novo centro acolherá, as mais sofisticadas soluções em domínios como a separação e tratamento de resíduos ou a monitorização da qualidade da água e do ar, sendo o sistema de gestão e poupança energética totalmente informatizado (BMS – Building Management System).

Este é o projecto que se está a construir para Leiria e ainda se fala de um MEGA CENTRO COMERCIAL ?
O que será do comercio tradicional e do CHLeiria quando tiver ao seu lado o LeiriaShopping ?, nada, somente vai crescer, não por mérito ou por capacidade dos seus comerciantes e dos moradores, mas irá ficar maior... sim maior, teremos uma área mais degradada e abandonada tao caracteristica do CHLeiria, o CHLeiria que se conhece hoje irá conquistar espaço a outras artérias da cidade e as avenidas de hoje que nos separaram da cidade viva e real, num futuro próximo farão parte do " nosso " CHLeiria e teremos uma avenida Heróis de Angola e uma avenida Combatentes Grande Guerra a serem parte " activa " e de " direito " do CHLeiria. Uma até já ganhou um " Buraco ", sim, não é só na Rua Direita que existe um " BURACO ", a avenida herois de Angola também já tem um buraco " As Galerias Alcrimas ".
Leirienses e comerciantes tenham a capacidade de prever o futuro e façam uma escolha..., querem uma cidade grande com um centro comercial ou querem um centro comercial numa grande cidade, depois não digam mal da santa vidinha. depois ficamos com dois " topos " um a Norte outro a sul e no meio um deserto de casas velhas ao qual daremos um nome - edificios históricos do inicio do seculo XXI.

CENTRO HISTÓRICO DE LEIRIA

quarta-feira, 12 de agosto de 2009

PEDIDO À CAMARA MUNICIPAL DE LEIRIA



Exma. Sr.ª. Presidente da Câmara Municipal de Leiria

Dr.ª. Isabel Damasceno

Leiria 12.08.09

Exma. Sr.ª. Presidente.

Os meus respeitosos cumprimentos.

No seguimento das obras levadas a cabo pela CMLeiria no Largo Cónego Maia, e na necessidade de reorganizar o trânsito no CHLeiria, a Rua Barão de Viamonte (Rua Direita) passou a ter um maior fluxo de trânsito. Devido à falta de “ sensibilidade “ de alguns automobilistas a mencionada rua passou a ter um grau de perigo para os peões muito elevado, nomeadamente para as crianças e idosos que ali habitam, assim como para os turistas que nos visitam.

Pelo que, venho por este meio solicitar a V. Exa. que juntamente com os técnicos dos serviços competentes da CMLeiria sejam tomadas medidas para que “ essa falta de sensibilidade “ não se torne em algo mais grave, o que todos lamentaríamos.
Mais, sendo o prazo de execução da obra no largo de 60 dias (o que em obras publicas são sempre prolongados no tempo), alertamos V. Exa. para o mês de Setembro, devido ao facto do mesmo ser o mês de regresso às aulas e o fluxo de crianças e jovens adolescentes aumentar significativamente, logo, maior o risco.

Nesse sentido pedimos pois que a CMLeiria coloque em pratica uma solução no terreno, para que a velocidade hoje praticada por alguns não seja matéria de preocupação para os comerciantes e moradores e para todos que nos visitam.

Certo que V. Exa. terá a sensibilidade que este assunto merece e como o perigo é algo que não controlamos, pedimos pois a V. Exa. uma rápida solução para este assunto que julgamos muitíssimo serio para a segurança de todos nós.

Sem mais atenciosamente


Luís Ferreira

------------------------------------------------------------------------------------------------


CENTRO HISTÓRICO DE LEIRIA

sábado, 8 de agosto de 2009

VER E VIVER O CENTRO HISTÓRICO DE LEIRIA


Proposta de Dinamização – “ Ver e Viver o Centro Histórico Leiria. “

No sentido de obtermos um estudo sobre a adesão/ impacto / rentabilidade comercial, vamos propor para a Rua Barão de Viamonte (Rua Direita), o fecho da rua nos meses de Outubro, Novembro e Dezembro, todas as 6ª. Feiras a partir das 14h00, até às 2h00 de sábado.
Teríamos pois um período onde seria possível obter um estudo sobre o impacto do fecho da rua, que de forma mais directa interfere com a vida do CHLeiria e dos Leirienses, em particular os residentes e comerciantes do CHLeiria.
Este estudo abrange um período que contempla duas realidades comerciais distintas, ou seja o comércio tradicional e o comércio nocturno: restauração e bares.

Neste estudo ao qual seria dada importância o aspecto da socialização no CHLeiria, através da analise do nº. De visitantes, quer Leirienses quer de turistas (Época de Natal), assim como o tempo de duração de cada visita e o objectivo dessa visita: compras, laser, etc. Poderia pois ser um ponto de partida para uma análise mais profundamente sobre o impacto do trânsito no CHLeiria.
Nesse estudo poderíamos obter também o resultado de “ Cash On Hand “ para os comerciantes, e assim analisar esta medida do ponto de vista comercial para os mesmos.
Pensamos pois com este estudo estar a dar um passo importante para a implementação de condições de segurança/ visibilidade/ afirmação/ qualidade de vida/ para o futuro Centro Comercial A céu-aberto, que tanto defendemos desde o inicio da nossa participação na vida do CHLeiria e na sua recuperação. Este estudo somente terá importância se o mesmo for compreendido como o nome indica – Um estudo – e não uma medida definitiva ou outra qualquer que lhe queiram chamar.


Certo que o mesmo terá a compreensão dos moradores e comerciantes do CHLeiria, venho desde já agradecer a compreensão e o empenho de todos para o sucesso do mesmo.


CENTRO HISTORICO DE LEIRIA

quinta-feira, 6 de agosto de 2009

PARQUES DE ESTACIONAMENTO SÃO OS MAIS CAROS DO PAÍS


Como pode sobreviver o comercio tradicional onde os parques de estacionamento são dos mais caros do País ?, onde o Leiriense paga 3 vezes comparativamente com outras cidades ?, como pode Leiria ser competitiva a nível comercial ?, como pode atrair investimento através destas politicas de simples saque aos bolsos do publico Leiriense?. Como pode o CHLeiria ser competitivo com outras zonas da cidade, quer com o futuro centro comercial Continente ?, onde estão a criar estacionamento grátis.' - Sim grátis...

Estamos pois perante uma situação de total falta de estratégia comercial para a cidade, assim como uma falta de visão politica de sustentabilidade da própria cidade, visto que a simples falta de competitividade comercial leva ao abandono dos investidores e à falta de emprego. Logo esta pequena questão é na verdade um enorme e grave problema para Leiria. Esta politica de preços que a CMLeiria permite e negociou, (porque os concursos foram lançados e aprovados por esta Presidente e esta maioria), mais não fazem que " obrigar " os investidores a deixarem Leiria e fora da rota dos principais investimentos na vertente comercial. Como pode um executivo dizer que nada pode fazer para obrigar os promotores a baixarem os preços, se foi este mesmo executivo que negociou o concurso e estabeleceu as linhas dos concursos para adjudicação dos parques ?

Primeiro deveria ter a visão estratégica que os mesmos ( parques ) teriam para a cidade e tomar as medidas necessárias para que existisse, caso necessário ajuste ao concurso. Não, nada foi acautelado, porque o interesse era a visibilidade das obras e não a importância das mesmas para a cidade, assim paga o publico e o comerciante e a própria cidade. Esta fica cada vez mais periférica. Tudo porque não existe capacidade de gerir o bem comum e a falta de visão estratégica para uma cidade de futuro é gritante.


Tabela de preços comparativo dos parques de estacionamento.

- Caldas Rainha - 0,60€
- Pombal - 0,50/0,60 €
- Alcobaça - 1,00 €
- Coimbra - 0,50/ 0,40 €
- Aveiro - 0,60/ 0,70 €
- Viseu - 0,60 €
- Braga - 0,95/ 1,00 €
- Lisboa - 0,75 €/ 1,20 €


Leiria

- Parque Fonte Luminosa - 1,70 €
- Parque Maringá - 1,50 €
- C. Comercial D.Dinis - 1,15 €
- Edifico " O Paço" - 1,00 €
- Mercado Sant´Ana - 0,80 €
- Zona parquimentros - 0,77 €
- Parque Fonte quente - 0,60 €
- parque stº. Agostinho - 0,60 €
Para o CHLeiria se o Parque da Fonte Luminosa fosse a 0,60€ este poderia ser o parque de estacionamento ancora para o desenvolvimento do CHLeiria e uma mais-valia para toda a zona central, se .... a CMLeiria tivesse esta visão a tão falada falta de estacionamento deixaria de ser uma desculpa para todos, porque o estacionamento existe o que não existe é dinheiro para pagar o que os outros querem.
Pensem nisto comerciantes e Leirienses

CENTRO HISTÓRICO DE LEIRIA

domingo, 2 de agosto de 2009

FESTIVAL DE CULTURAS EM IMAGENS















Pela noite fora se foi escrevendo a historia de mais uma noite memorável para o CHLeiria, pela 1ª vez um encontro de várias culturas, onde várias gerações dos 4 cantos do globo se encontraram e teatraram as suas raízes e hábitos de vida, assim como trocaram as suas experiências , noite onde se pode sentir sabores gastronómicos, saborear historias e beber ideias, receber e dar um miminho aos nossos moradores que insistem em não abandonar um local à muito abandonado por uma geração que não bebeu o famoso licor da Amizade, misturado com solidariedade. Essa bebida que nos tem enriquecido a alma e alimentado o espírito no sentido de cada vez mais fazer, isso mesmo, uma bebida forte que nos deixa insatisfeitos com aquilo que se faz, e nos dá vontade de fazer sempre mais e melhor. Bebida essa que nos deixa viciados neste CHLeiria.

CENTRO HISTÓRICO LEIRIA